Sábado
19 de Outubro de 2019 - 

Controle de Processos

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Maringá, PR

Máx
33ºC
Min
22ºC
Pancadas de Chuva

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,14 4,14
EURO 4,61 4,62

Home

Segunda etapa da Campanha CAASP de Saúde Bucal começa em 14 de outubro

De 14 de outubro a 14 de novembro a Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo realiza a segunda etapa da Campanha CAASP de Saúde Bucal 2019. A participação é gratuita. Diferentemente da primeira fase, realizada nos consultórios odontológicos próprios da entidade, desta vez as consultas serão efetuadas em clínicas referenciadas nas cidades onde a entidade não dispõe de serviço dentário próprio. Os pacientes receberão cuidados profiláticos e orientação sobre higienização bucal. As crianças de até 12 anos receberão aplicação tópica de flúor. Para participar da Campanha, o advogado deve procurar a clínica referenciada que melhor lhe aprouver em www.caasp.org.br e retirar guia na sede da Caixa, em suas sedes regionais ou nos Espaços CAASP.“Mesmo não contando com um consultório próprio da CAASP em sua cidade, o advogado, a advogada e seus dependentes não estão desamparados. A rede odontológica referenciada da Caixa é montada com o mais absoluto rigor, congregando profissionais de alta capacitação”, afirma a vice-presidente da Caixa de Assistência, Aline Fávero, responsável pelo setor.Dentes saudáveis não só contribuem para uma boa aparência como para a saúde em geral. A falta de higiene bucal, em grau extremo, pode acarretar infecção das válvulas do coração, doença chamada endocardite bacteriana. Um conjunto de problemas é o que causa a endocardite infecciosa. Tudo começa na placa bacteriana, que provoca uma inflamação na gengiva, que por sua vez causará uma periodondite, que é a inflamação e infecção dos ligamentos e ossos que dão suporte aos dentes. As intervenções odontológicas mais invasivas, como cirurgias e extrações dentárias, também dão passagem para entrada de bactérias na corrente sanguínea.Caso bactérias encontrem uma brecha de entrada na circulação, irá direto para o endocárdio, camada interna do coração, onde estão as válvulas cardíacas. Alojada nessa região, a bactéria provocará infecção das válvulas. Apesar de se desenvolver de forma lenta, se o quadro não for tratado rapidamente a infecção pode evoluir e provocar alterações importantes no funcionamento das válvulas cardíacas, podendo chegar a sua completa destruição.Na área odontológica a prevenção da endocardite começa pela anamnese na primeira consulta, durante a qual deve ser apurada a condição geral de saúde da pessoa. Os dados levantados na anamnese são fundamentais, pois revelam se o paciente pode se submeter a cirurgia sem maiores riscos.   
09/10/2019 (00:00)
Visitas no site:  620664
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia